Como sair do Burnout

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email

Falar de burnout parece coisa batida, mas é preciso reforçar a linha tênue entre o stress vantajoso e o que se torna tóxico. A realidade atual normaliza essa pressão à qual nos impomos. Sim; é uma imposição nossa! Claro que estamos em um ambiente de trabalho; todavia, temos que resgatar a responsabilidade de escolher estar nessa situação de cobrança, nesse emprego – ou mudar. Na verdade, em determinado momento existencial, o nível de stress psicossocial gerado nessas circunstâncias pode inclusive se tornar um vício. Não levanto aqui a temática do equilíbrio, até porque nem acredito nela (assunto de um outro texto).

Muitas vezes, a cobrança vem mais por parte do próprio indivíduo do que da empresa – o meio no qual está inserido. Para quebrar esse ciclo vicioso, de modo a salientar o stress saudável, recomenda-se a busca por novas práticas. Mas como encontrá-las?

Incorporar diferentes objetivos no dia a dia ajuda bastante. Um estudo da National Research on Health Care Quality apresenta algumas ideias, como a diminuição de atividades diárias no local de trabalho, adoção de modelos de cuidados colaborativos, bem como a participação em projetos de melhoria da qualidade de vida.

Dessa forma, o incentivo a um novo ajustamento criativo (Fonte) pode favorecer uma melhoria na maneira de ser e estar no mundo; uma nova forma de estabelecer uma relação com o que realmente lhe é benéfico.

Danilo Suassuna

Photo by nikko macaspac on Unsplash

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

Add a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *

O Processo de Luto

Vivenciar o processo de luto como uma forma de expressão da dor causada pelo rompimento de um vínculo significativo, ou seja, um vínculo importante para

Leia mais »

Luto Paterno

HOMEM NÃO CHORA… mas devia! Devia ser respeitada sua dor E não exigirem dele que cuide, Que segure as pontas, Que desmonte o quartinho, Que

Leia mais »